sexta-feira, 16 de julho de 2010

Luto.


Recebi com extremo pesar a notícia do falecimento do glorioso Gibe,o inesquecível Papai Papudo, com quem eu tive a honra e o privilégio de contracenar no "Teatro de Terror", espetáculo da não menos talentosa Vic Militello, sua cunhada.
Gibe era uma referência para quem, como eu, gosta do humor ingênuo, que tira graça das situações e não ridicularizando e humilhando as pessoas.
Além de ator e redator de humor, era também uma pessoa exemplar.
Gentil, cordial, educado,sempre muito atencioso e generoso para pessoas que,como eu, estávamos engatinhando nesta nobre arte.
Deixou um vazio familiar e profissional,mas ficará na nossa lembrança e no nosso coração como exemplo positivo.E olha que estamos precisando disso!!!!!
Ficamos um pouco mais tristes...mas o céu deve estar vibrando e às gargalhadas.