sábado, 26 de dezembro de 2009

O amor está no ar!!!!!!


Gente, hoje nós temos celular, internet, acesso a um milhão de informações ao mesmo tempo.Porque será que as pessoas ficaram mais sózinhas?
Porque será que as pessoas desaprenderam a arte da convivência?
Qualquer coisa é motivo para afastar-se um do outro...
Vejo tantas pessoas, homens e mulheres sós e buscando desesperadamente uma companhia, um parceiro, um namorado, sei lá, um ficante.
Mas será que ficar é o que esse povo quer?
NÃO. Todos querem namorar, casar, ter uma relação estável.
Porque essas pessoas não se encontram?
Será que realmente estão disponíveis?
Alegando falta de tempo, dedicação ao trabalho,falta de amigos, vai todo mundo ficando só e infeliz.
Comecem a aproveitar o novo ano e ir mais aos parques, livrarias, cafés, teatros, lugares em que são possíveis se ir sózinho e observar o mundo à sua volta.
Deêm mais tempo para si mesmos e para os outros.
Não julguem pelas aparências, busque o conhecimento mais profundo: gostos,desejos, expectativas e quem sabe não se tem uma grata surpresa.
Convivam mais, escutem mais, conheçam mais. Afinal, não há nada a perder e quem sabe se possa ganhar. Ganhar um amigo, um confidente, um fã e com sorte um namorado.
Que em 2010 as pessoas fiquem menos sós e que mais casais e mais famílias se formem e espalhem alegria e amor para aqueles que ainda estejam sós.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Acabou? Então começa!

Ufa!!!O natal passou e com ele toda aquela correria e insanidade.O que mesmo se comemora? Não importa, o importante é comemorar, seja o solstício, o nascimento de Jesus, ou simplesmente a reunião familiar ou com amigos.
Se trocou presentes ou somente abraços e felicitações, não importa, seja lá o que for, espero que tenha comemorado.
Agora é esperar o ano novo. Que frio na barriga... está tão perto. Como o ano passou rápido...parece que foi ontem que comemoramos 2009 e já estamos vislumbrando 2010.
Essa é a delícia da vida. É bom viver intensamente cada momento... eles passam rápido e não dá prá voltar atráz. Portanto, erga a cabeça, observe o futuro e siga em frente, Ele,o futuro,está logo ali e temos que nos preparar para recebê-lo com os braços abertos e o sorriso franco. Afinal só temos uma escolha possível: ser feliz.
Sejamos então. Até a próxima.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Tempo de ser feliz


O natal está próximo e o ano novo também.
É tempo de comemoração e quem tem filhos pequenos, como eu, sabe que esse momento pode ser delicioso ou virar um completo pesadêlo.
Lojas lotadas, listas intermináveis de presentes, casa para decorar, preparar ceia, cartões de congratulações para mandar e o tal do amigo oculto... Estressante é pouco, eu acho isso tudo enlouquecedor.
Por esses e outros tantos motivos, eu adoro esse período do ano.
Tá me achando louca? Devo admitir que sou louca por aquelas luzinhas, por montar a árvore de natal, preparar um monte de presentes e principalmente celebrar, adoro celebrações.
Tem coisa melhor que ficar juntinho das crianças tirando foto com o papai noel?
Eu tirava até quando não tinha filhos, eu e meu queridísssimo amigo e hoje meu padrinho de casamento,James,tenho a foto até hoje.Super divertido!!!!
Mas melhor de tudo é falar com os amigos, rever entes queridos, estar junto, confraternizar...
Celebrar a vida e o tempo passado, presente e futuro. Ser feliz, sentir amor pelo próximo, mesmo que ele não esteja tão próximo.
Enviar mensagens de fé, esperança e tantas coisas que a gente só se lembra nessa época do ano.
Tudo bem, melhor assim do que não lembrar nunca. No próximo ano você pode tentar ser feliz o ano todo, espalhar a paz, o amor, a concórdia e tantas outras coisas bacanas para si mesmo e para os outros.
Se fosse vocè eu começava logo, afinal, não sabemos por quanto tempo mais o planeta vai suportar a pequenez da raça humana.
Boa sorte e boa celebração para todos.
Vivam bem, amem à si mesmo e aos outros, respeitem a vida, o planeta e sejam felizes, a felicidade é nossa maior vingança.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

O tempo como aliado.

Esses últimos dias têm sido de surpresas extremamnente agradáveis. Minha prima caçula, Angela,após cinco anos de casada, finalmente vai ter um bebê. Estamos ansiosos pela chegada da criança que está prevista para junho. Consegui retomar contato via internet,com a Loo, a Cibele e a Cris, primas queridas,que em virtude da distância de nossas cidades de morada, fazia um tempão que eu não tinha notícias. Adooooooorei.
Também recebi a visita de um querido amigo com o qual eu não falava à tempos, o Gabriel.Foi ótimo, nem parecia que faziam anos que não nos falávamos.
Fiquei pensando que o tempo e a distância podem ser cruéis e nos afastar de pessoas que a gente gosta de conviver, da família que a gente ama, dos amigos que nos instigam,enfim, das pessoas que se quer bem.
Por outro lado, se a distância persiste, o tempo é mais generoso.
Se soubermos fazer bom uso dele, o tempo, ele certamente nos recompensará.
Eu sempre busquei fazer do tempo um aliado.Não quero dribá-lo, nem esticá-lo. Sei que prá render... é necessário a pausa, o silêncio, o ócio.
De nada adianta correr contra o tempo, nós não temos a menor chance.Melhor é deixar que ele nos guie tranquilamente. Como os antigos diziam,"tudo à seu tempo".
Deixemos de prepotência, ansiedade e outras bizarrices da dita "modernidade".
Ser moderno é respeitar o tempo, o seu tempo, o tempo do outro, o tempo das plantas, dos bichos, do planeta.
Contemplemos o tempo e ele generosamente vai fechando seus ciclos e nos trazendo de volta coisas boas e levando embora o que já cumpriu sua função em nossas vidas.
Estou feliz por ter tido tempo e oportunidade de voltar no tempo e reencontrar o passado que se fez presente.
Agora é só dar um tempo... lá vem o futuro.