domingo, 21 de maio de 2017

Entre Dois Amores











Nossa, quase uma ano sem postar.
Tanta vida nesse período...
Último ano de faculdade, colação de grau, início da pós graduação...
Enfim, minha vida tem sido focada  nos estudos.
Muito bom voltar à vida acadêmica, estava me fazendo falta, agora vai ser difícil parar.
A Geografia é minha paixão de adolescência, a paixão de toda a vida sempre foi o teatro, mas desde a adolescência a Geografia estava lá, me seduzindo, me instigando.
Em 2014 resolvi assumir essa paixão e me dedicar a ela, sem deixar o teatro e a arte de lado, mas tentando conciliar.
Consegui mais ou menos, mas valeu a pena. Amo o Teatro, amo a Geografia e estou conseguindo me dividir entre elas sem que nenhuma ds duas sinta ciúmes.
O mais importante é conseguir ter prazer no que faço e sentir-me plena em minhas realizações.
Esse ano minha companhia de teatro, a Simone Nasar Cia de Espetáculos completa dez anos e entre a pós graduação e as aulas (sim, estou há três anos ministrando aulas de Geografia), estou organizando meu tempo para as comemorações desta data.
Esse ano vou dedicar o mesmo amor ao Teatro e a Geografia.
Afinal, eu sempre sairei ganhando.
De presente, a família do lado e muitos sonhos compartilhados.
Vida que segue.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Apaixonada



Completamente apaixonada por Simone de Beauvoir.
Meu mais novo mergulho literário é esse e-book.
Confesso que prefiro livros impressos, no entanto, só consegui esse livro, baixando em pdf.
A prosa é tão envolvente que mesmo sem o livro físico é possível mergulhar na leitura.
Acabei de ler o livro A Mulher Desiludida e ainda estou sob o impacto dessa leitura. Também estou completamente apaixonada por essas memórias que Simone tão espontaneamente nos apresenta.
Como é bom degustar a grande literatura!!!!!!!!!!!!


domingo, 15 de maio de 2016

Mergulhando


Leitura para as férias de julho.

O que a gente precisa é...




Nossa, esse ano eu ainda não publiquei nada por aqui.
Mas também... último ano de faculdade, dando aulas diariamente e ainda precisando de tempo para estudar Simone de Beauvoir, fica difícil parar por aqui e postar algumas impressões da realidade..

Começamos o ano com a tão propalada crise, chegamos em meados de maio com o afastamento da presidente, nesse meio tempo tivemos várias polêmicas, dentre elas a "bela, recatada e do lar".
Quais serão aos rumos desse Brasil revisitado? O que farão os machos caucasianos do ministério?
Quem viver verá e eu peço que os céus nos abençoe. Precisamos de luz, muita luz para superar o obscurantismo que se abateu sobre nosso país tão jovem.
Que não deixemos de cobrar e questionar e que sejamos implacáveis com quer que seja.
Democracia, transparência e eterna vigilância!
Que haja tempo para plantar, para colher e para desfrutar.
Bons ventos nos tragam boas novas.
Dúvidas me assolam a cada dia...
Que tenhamos fé e coragem!

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Feliz Ano Novo



Que 2016 venha com mais tolerância, mais diálogo, mais harmonia e mais tranquilidade.
Que se ria mais, se ame mais, se aceite mais o outro, que seja o ano do encontro.
Encontro de amigos, encontro do amor, encontro do nosso lugar no mundo.
Que em 2016 haja mais espaço para a cultura, o lazer, o convívio entre os semelhantes e principalmente haja espaço para o respeito em todos os sentidos.
Que a felicidade seja a tônica e possamos irradiá-la por todos os locais por onde passarmos.
Feliz ano novo!

                                                               Simone Nasar

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Novo espetáculo de Simone Nasar Cia de Espetáculos é sobre Simone de Beauvoir



 Simone de Beauvoir, foi uma escritora, filosofa existencialista e feminista francesa, ícone das feministas.
 Suas ideias e sua vida ainda servem de referência e nesses tempos obscuros pelos quais estamos passando, lembrar seu legado é de suma importância.
Dar vez e voz às mulheres é fundamental para que os "fundamentalistas" de quaisquer religião ou grupo político tenha força para privá-las de direitos conquistados com muita luta.
“A voz da mulher ainda é pouco ouvida em nossa sociedade.
Afinal, ter competência para falar não implica no fato de ser ouvida”
(autor desconhecido)
Faremo-nos ouvir e que nossa voz nunca se cale, para o bem dos nossos filhos, para todo o sempre.

Colabore com a campanha de financiamento coletivo do novo espetáculo da Simone Nasar Cia de Espetáculos, Simone por Simone. 

Precisamos de mil pessoas doando doze reais.
Ou 500 pessoas doando 24 reais, ou ainda 250 pessoas doando 48 reais.
Ou então 125 pessoas doando 96 reais.
Pedimos a colaboração de vocês para qualquer quantia e assim vocês estarão com muito pouco incentivando o teatro brasileiro e a divulgação das ideias da pensadora e ativista Simone de Beauvoir, importante figura do século vinte e imprescindível para as novas gerações.
Colaborem, convidem os amigos a fazerem o mesmo, vamos iluminar os nossos corações e mentes com esse espetáculo vital para esse momento nebuloso que vivemos.
Viva a liberdade!
Viva os direitos conquistados!
Viva as mulheres!
Fora opressores!
Copie e cole o  link e siga para a página do espetáculo.É rápido e fácil.
http//www.kickante.com.br/campanhas/simone-por-simone/card"

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Feliz Primavera






Hoje é o Dia da Árvore e amanhã inicia-se a primavera.


Os últimos acontecimentos me levaram a refletir sobre o nosso atual momento.


Estamos vivendo um momento revolucionário. O papa visitando Fidel, as fronteiras sendo modificadas através da força ou das necessidades econômicas ou mesmo por inúmeros interesses que não conseguimos alcançar. Em pouco tempo conheceremos outro mundo, outros mapas, outra ordem.


Vivemos o caos que antecede o equilíbrio, as guerras que antecedem a paz. Resta saber se a nova ordem, do novo mundo, virá pelo amor ou pela dor. Se será regido pela força ou pela tolerância. Se será bom para muitos ou ruim para quase todos.Quem viver verá.


Por enquanto é bom mantermos o nosso próprio equilíbrio e meditar muito antes quaisquer decisões a serem tomadas, afinal, nossas atitudes modificam o nosso meio. Seja lá qual for, agora é o momento de nos posicionar e escolher o mundo que queremos para nós mesmos e os nossos.


Não basta observar, temos que tomar atitudes, escolher posições.


É crucial o empoderamento de nosso corpo, nossa aldeia, nossa verdade interior.


Boa primavera, senhoras e senhores e que o sol brilhe as flores floresçam por um amanhã de paz, equilíbrio e tranquilidade entre os seres humanos, mesmo com todas as nossas diferenças.