terça-feira, 18 de janeiro de 2011

As montanhas de Nova Friburgo


Foi nas montanhas de Nova Friburgo que eu e meu marido demos nosso primeiro beijo.
Foi nas montanhas de Nova Friburgo que concebemos nossa primeira filha.
Foi lá também que ela deu seus primeiros passos.
Esse era o amanhecer dos nossos dias.
O amanhecer na montanha.
Lá tudo continua igual.
Infelizmente todo o entorno se foi.
Casas, montanhas, pessoas, sonhos.
Tudo foi por água abaixo.
Revolta-me saber que essa era uma tragédia anunciada.
Avilta-me a morosidade das autoridades.
Entristece-me saber que corremos o risco de ver tudo exatamente igual em janeiro de 2012.